quarta-feira, março 31, 2010

LIÇÃO DA FLORESTA

A Floresta Azul é um lugar muito bonito. Há muitas árvores, grandes e pequenas, flores coloridas por todos os lugares. Lá moram muitos animais mas, ultimamente, quase não se vê ninguém brincando na Floresta ou passeando no lago.

O Leão, Rei da Floresta, um dia saiu para visitar alguns amigos. Logo ele percebeu que seu reino estava triste e que todos pareciam muito ocupados. Chamou sua Ministra Coruja e perguntou o que estava acontecendo.

- Estão todos ocupados, preparando chocolates e ovos para a Páscoa.

O Rei não entendeu, afinal, para ele a Páscoa não era feita apenas de chocolate, mas de união e alegria.

Ele resolveu, fazer uma reunião e chamou todos os animais da Floresta. Vieram todos, incluindo a Dona Onça, Seu Jacaré e a Preguiça, que chegou atrasada, mas veio.

- Meus caros amigos, disse o Rei, acho que estamos esquecendo do verdadeiro significado da Páscoa. Alguém sabe o que comemoramos nesta data?

- Comemoramos o coelhinho com chocolates, disse o Macaco rindo. Mas logo parou, porque Dona Elefanta olhou séria para ele.

- Lembramos o aparecimento de Jesus, em espírito, provando que o espírito continua vivo após a morte do corpo físico, ensinou a Girafa.

- É verdade disse o Rei Leão. Podemos até trocas presentes, mas isso não deve ser o mais importante.

- O que realmente importa é ter atitudes de amor, amizade e paz para com todos - completou a Ministra Coruja.

Todos entenderam que estavam preocupados demais com a festa, com os chocolates e que acabaram esquecendo de conviver com os outros animais e praticar as boas atitudes ensinadas por Jesus.

Naquele ano, a Páscoa na Floresta Azul foi um momento muito especial, sem presentes, mas com muita alegria e amor entre os animais. Jesus, no plano espiritual, que tudo observava, ficou contente porque eles entenderam o significado da Páscoa.


Fonte:
CVDEE - Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo
http://searadomestre.com.br/evangelizacao/estoria.htm#liçao)

((•)) Ouça este post
terça-feira, março 30, 2010

RESPEITO


Se invades e desrespeita o meu direito,
decerto estás também a diminuir
o teu direito a espaço e respeito

((•)) Ouça este post
terça-feira, março 30, 2010

TUDO OU NADA


Meu tesão não está na normalidade
Minha inspiração não vem do óbvio
É no extremo que busco identidade
Também é no espaço vazio e no ócio
sou a lenha que precisa do fogo
para virar fogueira
sou a água que precisa da corrente
para virar cachoeira
Sou de extremos
Sou tudo ou sou nada

((•)) Ouça este post
terça-feira, março 30, 2010

SEM ESTIMA


Alguns tem-me em crescente estima,
outros, nem tanto
entretanto
meu egocêntrico lastima
desses poucos outros
e carente de própria estima
minha alma
decresce seu amor próprio.

((•)) Ouça este post
segunda-feira, março 29, 2010

CHICO XAVIER E OS ANIMAIS


De quando em vez, Chico nos fala dos animais.
Ficamos admirados do seu amor por tudo que se refira à Natureza, crescendo sempre mais o nosso respeito por esse espírito de escol...

Sem dúvida, é preciso ter-se uma sensibilidade muito grande para "dialogar" com os animais, sim, pois Chico "conversa" com os seus gatos, com o seu cachorro "Pretinho", com o seu coelho...

Talvez muita gente vá pensar que estar envolvido com animais é falta de tempo, ou até mesmo desequilíbrio, mas não há o que estranhar, porque esses é quase certo que não amem nem os semelhantes...

Há algum tempo um confrade, veterinário, nos contou que Chico chorou feito criança abraçado a um gatinho de estimação que morrera envenenado.

Foi o próprio Chico que nos contou o que se segue.

A sua casa era freqüentada por um gato selvagem que não deixava ninguém se aproximar. Todos os dias o Chico colocava num pires alguma alimentação para ele. Numa noite, quando retornava de uma das reuniões, um amigo avisou que o gato estava morrendo estendido no quintal. Babava muito, mas ainda mantinha a cabeça firme em atitude de defesa contra quem se aproximasse. O Chico ficou bastante penalizado, pensando que ele poderia estar envenenado. O amigo explicou que horas antes o vira brincando com uma aranha e que, provavelmente, ele a engolira. E sugeriu que o Chico transmitisse um passe no felino.
O gato, apesar de agonizante, estava agressivo. Ficando à meia distância, o nosso querido amigo começou a conversar com ele:
- Olha - falou o Chico - você esta morrendo. O nosso amigo pediu um passe e eu, com a permissão de Jesus, vou transmitir... Mas você tem que colaborar, pois está muito doente... Em nome de Jesus, você fique calmo e abaixe a cabeça, porque quando a gente fala no nome do Senhor é preciso muito respeito...
O gato teve, então, uma reação surpreendente. Esticou-se todo no chão, permaneceu quieto até que o Chico terminasse o passe...
Depois, tomando-o no colo, esse admirável medianeiro do Senhor pediu que se trouxesse leite e, com um conta-gotas, colocou o alimento na sua boca.

O gato tornou-se um grande amigo e ganhou até nome.

Fonte:
Carlos A, Baccelli no livro Chico Xavier mediunidade e coração

((•)) Ouça este post
terça-feira, março 23, 2010

O NOSSO JARDIM SECRETO



Imagine-se observando um lindo jardim com belas e coloridas flores,
árvores frondosas e um bonito lago, borboletas de diversas cores tonalizando o ambiente.
Imagine-se observando tudo isso com óculos de lentes cinza.
Isso mesmo: cinza.
Você estaria vendo tudo cinzento, não haveria diversidade de cores nem beleza.
Tudo pareceria muito triste e sem vida.
Nada contra o cinza, mas é uma forma de mostrar como nosso humor intervém na maneira de vermos a vida.
Tire essa lente de mau humor que, às vezes, nos impede de ver a vida como realmente ela é.

"Viva sorrindo que a tristeza não encontrará espaço na sua vida."


fonte:
http://www.portalangels.com/atraircoisasboas12.htm

((•)) Ouça este post
segunda-feira, março 15, 2010

FALANDO DE AMOR


É sobre o Amor que disserto.
É na falta dele - ou em sua abundância -
que encontro minha identidade poética.
Morada de minhas palavras
Portal de meus sentimentos
O amor tem suas variantes,
tema recorrente e frequente
dos apaixonados, dos poetas,
das serestas e dos amantes.
Talvez, eu seja poetisa de um tema só.
Talvez, seja o Amor o meu lema.
Talvez, ainda, seja o desamor o meu dilema.

((•)) Ouça este post
domingo, março 14, 2010

VALSA NO MAR


Pudera eu...agora
estreitar esse vasto espaço
que de nós se apodera.
Quem dera, pudesse!
tomar-te em meus braços,
lançar-me no teu abraço
e com os pés descalços,
em ritmo de valsa,
sobre as ondas do mar,
ao som do vento,
só você em meu pensamento,
dançar e te amar
e amar...e amar
sem parar para pensar
nesta linda tarde
que já está para terminar.

Quem dera!

((•)) Ouça este post
domingo, março 14, 2010

ENTRE NÓS



Entre nós
são os olhos que falam
o que a voz silencia...

((•)) Ouça este post
sábado, março 13, 2010

A DEPRESSÃO - cure pela imagem mental

A Depressão

((•)) Ouça este post
quarta-feira, março 10, 2010

MPB-4 - Porto


Essa obra-prima de Dori cantada pelo grupo MPB-4 tem cheiro de terra brasilis...
Tenho orgulho de ser brasileira!!

((•)) Ouça este post
Related Posts with Thumbnails
Ocorreu um erro neste gadget