segunda-feira, agosto 31, 2009

RETRATO AMADO


Vejo seu rosto belo e intocável,
impecável na simples moldura prateada
minimamente iluminada pela luz da madrugada.

Vejo seu olhar descortinando a janela de minha alma,
suas mãos quase tocando minha face
acordando todo meu ser,
preparando meu amanhecer.

Vejo você apenas por esse pedaço quadrado,
como se sob meu amor-abrigo ainda adormecesse.
Madrugadas de lua cheia...
invadem este lado do quarto
deitando luar em seu porta retrato...
acordando meu amor por você!

((•)) Ouça este post
sexta-feira, agosto 28, 2009

JÁ SABERÁS


Jamais desnudaria face ao mundo, o véu que te cobre;
ouso aqui tentar... ser até um pouco tola, inocente e
revelar-te, em cada canto deste recanto, que de ti muito tenho
gostado... e de sorte, até à minha morte!
enquanto alma em mim existir...

Sabes que tudo não finda aqui.. neste tempo...
almas afins têm no firmamento seu confluente.
Bendigo mil vezes aqueles doutos momentos que
outrora me fizeram sonhar.. que ainda era possível amar!

((•)) Ouça este post
quinta-feira, agosto 27, 2009

TÔ CARENTE!

Gente? tô carente!
carente de inspiração,
falta-me a imaginação.
É modorra poética!!
Talvez
escrevendo a esmo
em brancas resmas,
larvas de palavras
criem forma e formem
alguma prosa formosa.
.
.
.
Ei...
quer saber?
sem querer... proseei!

((•)) Ouça este post
domingo, agosto 16, 2009

EM TEUS BRAÇOS SAGRADOS



Não fosse a fé que tenho N"Ele...
Não fosse o amor que tenho por Ele...
Não fosse a confiança que tenho nos Seus desígnios...
Jamais compreenderia as faltas humanas
Jamais perdoaria atos de humanos... tão desumanos!

((•)) Ouça este post
quinta-feira, agosto 13, 2009

PASSOS DE MULHER

























Mulheres adoram vitrines!... é sério!
Já percebeu ao andar na calçada
alguma resistir a dar uma rápida espiada
no reflexo de si?
Não, não dá mesmo para evitar.
É um chamamento urgente,
resistente.

É preciso confirmar
que ao andar prendem sua atenção.
Não pela roupa que tiram da vitrine
e agora desfilam entre cimento e asfalto;
mas, sim, pelo caminhar singular,
pela altivez impressa na tez ,
pela soberania feminina.

O rebolar natural... o vento penteando seus cabelos
e o riso-monalisa no rosto luminoso...
Suspende a respiração de alguém ao lado
que, estupefato e encantado
com a aparição súbita dessa atraente mulher,
provoca com essa declaração:

- Uau! que mulherão !

((•)) Ouça este post
quarta-feira, agosto 12, 2009

GATO PEGA TODOS OS DIAS O MESMO ÔNIBUS HÁ 4 ANOS

Minha amiga Monica Gutti enviou-me mais essa notícia sobre o mundo dos nossos gatos.


FONTE:
http://oglobo.globo.com/blogs/moreira/posts/2009/07/30/gato-pega-todos-os-dias-mesmo-onibus-ha-4-anos-209739.asp

CASPER é um gato fiel. Fiel a um veículo. O felino de 12 anos embarca todos os dias no ônibus Número 3 às 10h55m em um ponto em frente à casa em que vive, em Plymouth (Inglaterra). Isto acontece há 4 anos! Casper completa todo o itinerário de cerca de 17 quilômetros e retorna para casa uma hora depois. O gato já viajou mais de 32 mil quilômetros. De graça!

Durante o passeio diário, Casper passa pelo cais do porto, por uma base naval, pelo centro da cidade, alguns bairros suburbanos e até o distrito da luz vermelha - aquele tal de má reputação.

"Eu o batizei de Casper (o nosso Gasparzinho) porque ele tinha o hábito de desaparecer", disse a dona do bichano, Susan Finden.

"Ele sempre pega o ônibus das 10h55m e gosta de sentar na parte de trás do ônibus", contou o motorista.

((•)) Ouça este post
segunda-feira, agosto 10, 2009

446

446 dias,
fui feliz
fui infeliz

Conheci desconhecidos
Desconheci... conhecidos.

auto-estima fortifiquei
subestima... eu notei.

acreditei verdades
desacreditei... fossem, tais, falsidades.

ri sem maldade
sorriram-me... falsa bondade.

adotei posturas
creram-me... posuda.

senti tantas ausências
no todo... não fiz diferença.

chorei idos idílios
Verteram, sim... lágrimas de crocodilo.

446 dias
se
foram...

((•)) Ouça este post
sábado, agosto 08, 2009

PAIXÃO E AMOR


Paixão arrebata
Amor aconchega
Paixão fascina
Amor aproxima
Paixão exige
Amor exibe
Paixão enlouquece
Amor enternece
Paixão cega
Amor gera
Paixão fulmina
Amor ilumina
Paixão teme
Amor transcende
Paixão esvaece
Amor permanece

((•)) Ouça este post
sexta-feira, agosto 07, 2009

VIVER MELHOR

V iver e aprender. Tantas lições a vida nos ensina,
I nstantes felizes que sementes na alma germina
V oam velozes como aves de rapina.
E do que pude aprender, desses breves momentos
R essurge agora em suaves gotas de bem viver:

M ais amor devemos dar e o rancor deve, você, erradicar
E exercitar verdadeiramente o hábito do perdão, e
L ibertar, de fardos e enfados, o seu coração.
H umildade e fraternidade, laços de amizade, de irmão.
O uça mais, fale menos. Escute sua alma segredar
R ia, e sorria, e sorria; mesmo que seja à revelia.

Feliz aquele que diz:
Sou assim e sou feliz.
Não tenho medo de ser, da vida, um aprendiz.

((•)) Ouça este post
terça-feira, agosto 04, 2009

A FELICIDADE É CONTAGIOSA


A felicidade e o bem-estar dos seus amigos, e dos amigos deles, podem ter influência direta no seu humor, nos seus hábitos e na sua qualidade de vida.

FONTE: SITE UOL
por Giuliano Agmont
design Thiago Lyra
ilustrações Wesley Iguti


Você já deve ter ouvido falar da teoria dos seis graus de separação. É aquela que nos coloca a uma distância de até meia dúzia de pessoas do resto do mundo. Pela hipótese, qualquer um é capaz de apertar as mãos, por exemplo, dos vencedores do Prêmio Nobel de Medicina 2008 — os franceses Françoise Barre-Sinoussi e Luc Montagnier, que descobriram o vírus causador da aids, o HIV — acionando apenas alguns poucos contatos. Entre os matemáticos, ainda restam cálculos que comprovem tal fenômeno, que eles chamam de pequenos mundos. Já no campo da cura e da prevenção de doenças, os pesquisadores somam cada vez mais evidências de que essa mesma rede de amizades funciona como um poderoso canal de contágio de bom humor, bem-estar e até felicidade.

O que pesquisas recentes mostram é que, assim como vírus e bactérias, a saúde também é transmissível — só que por meio dos laços afetivos criados entre nós. Na prática, quem se aproxima de gente que faz ginástica, por exemplo, tende a espantar o sedentarismo sem sofrimento. Aqueles que presenciam a decisão de um amigo de parar de fumar têm mais chances de largar o cigarro. E os que preferem conviver com pessoas alegres acabam tornando-se mais satisfeitos com a vida. De acordo com um estudo assinado pela Harvard Medical School, nos Estados Unidos, se um grande amigo seu ficar contente, a probabilidade de você começar a rir à toa só por conviver com ele é de 60%.

Como humores e hábitos se tornam contagiosos? Os mecanismos que permitem a propagação de algo que não cabe em um tubo de ensaio ainda pedem mais esclarecimentos. Os cientistas, porém, têm algumas pistas. “Os animais sociais, como é o caso do homem, nascem com a capacidade de imitar seus pares mesmo sem ter consciência disso. É o efeito camaleão” explica a neurocientista Eliane Volchan, professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro. “Fazendo isso, o indivíduo consegue incluir-se no grupo e obter a necessária proteção para sua sobrevivência.”

Seria como uma mímica involuntária ou instintiva, a mesma que nos rege toda vez que presenciamos um bocejo — quando nos damos conta, já estamos com o bocão aberto. Mas o trabalho do pessoal de Harvard vai ainda mais longe: sugere que a transmissão pode se dar entre desconhecidos, e a distância. De acordo com os pesquisadores, existem até três graus de contágio social. Ou seja, o amigo do vizinho de porta do seu melhor amigo tem influência sobre sua felicidade.

Outro aspecto que reforça a importância dos nossos relacionamentos é o papel das amizades na conquista da saúde. Um artigo do jornal americano The New York Times publicado em abril mostra que o amparo emocional do amigo é capaz de prolongar a vida, renovar a memória, combater o câncer, proteger o coração e até evitar a obesidade. A neurocientista Eliane Volchan complementa: “Temos evidências de que a amizade acelera o tempo de cicatrização de uma lesão e também ajuda a reduzir o estresse”.
Os especialistas apenas alertam: o círculo social é uma mão de duas vias. Do mesmo modo que conduz o vírus da felicidade, pode trazer influências não tão desejáveis, como a depressão, o mau humor, os vícios e por aí vai. Em outras palavras, o amigo do amigo do seu amigo pode ser um agente transmissor das doenças ditas não contagiosas. Isso significa que é importante estar atento a essas influências negativas.

A primeira coisa a fazer é entender que, embora estejamos falando de reações neurológicas espontâneas, podemos, sim, ter controle sobre elas e nos proteger. E não se trata aqui de se afastar de amigos que estejam acima do peso ou, então, em frangalhos emocionais. Afinal, a amizade está acima do estado de saúde das pessoas... “Mas também não precisamos ficar passivos diante de alguém que vive de cara fechada ou reclamando de tudo”, orienta o psicobiólogo José Roberto Leite, do Departamento de Medicina Comportamental da Universidade Federal de São Paulo. “É preciso uma atitude assertiva, isto é, deixar claro para o outro que o mau humor dele está fazendo mal também para você. Sem agressividade, mas com firmeza.”

De acordo com Leite, a ideia não é exigir do outro que mude sua atitude. Principalmente quando o assunto for cigarro ou maus hábitos alimentares. “É preciso apenas ser coerente com você mesmo e sua saúde. Muita gente, querendo agradar, é condescendente com comportamentos alheios e acaba se prejudicando”, constata Leite, que cita o caso do amigo depressivo. “Por mais que você goste dele, não dá para ficar refém de suas amarguras e ser submetido a elas a toda hora. É importante dar apoio, mas em algum momento tem de haver um basta, para que ele deixe de se escorar em você e vá se ajudar.”

A psiquiatra Alexandrina Meleiro, que trabalha noInstituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo, confirma que a depressão é contagiante. E chama a atenção para outra questão relevante: existem pessoas mais ou menos vulneráveis a influências. “A maturidade emocional é decisiva nessa hora. Pessoas que têm muita dificuldade para lidar com dores e frustrações são mais suscetíveis”, avalia. “Um bom exemplo é o de uma crise: diante dela, há os que se queixam, os que esperam que os outros a resolvam e os que tomam atitudes para enfrentá-la. Os mais maduros são os que se ajustam às dificuldades.”

Outra maneira de se livrar de algumas roubadas, dizem os especialistas, é escolher os amigos com cautela. Eles recomendam ficar o máximo de tempo possível com aqueles que se mostram sempre dispostos e sorridentes. Sugerem ainda que se busquem companhias com interesses comuns e saudáveis, como correr ou cozinhar pratos balanceados. Ou seja, algo que pode ser socializado. Diante de pessoas com estado emocional ou comportamentos dos quais a gente quer distância, a orientação é esquivar-se da natural inclinação que temos para imitar expressões faciais e posturas. “Enfim, temos de procurar nos blindar sempre, sabendo o que queremos e o que não queremos para a nossa vida. Afinal, a influência social nos acomete o tempo todo”, aconselha Alexandrina Meleiro.

((•)) Ouça este post
segunda-feira, agosto 03, 2009

"SMILE" (com Michael Jackson)


"Smile" (com Michael Jackson)


Ainda que seu coração esteja doendo
Sorria
Mesmo que ele esteja partindo
Quando há nuvens no céu
Você sobreviverá...

Se você sorrir
Com o seu medo e tristeza
Sorria e talvez amanhã
Você verá que a vida ainda vale a pena
Se você apenas...

Acender o seu rosto com alegria
Ocultar todos os vestígios de tristeza
Embora uma lágrima pode estar sempre tão perto
Esse é o momento que você deve continuar tentando
Sorria, pra que serve o choro
Você verá que a vida ainda vale a pena
Se você apenas...

Sorria
Ainda que seu coração esteja doendo
Sorria, mesmo que ele esteja partindo
Quando há nuvens no céu
Você sobreviverá...

Se você sorrir
Através do seu medo e tristeza
Sorria e talvez amanhã
Você verá que a vida ainda é válida
Se você apenas sorrir

Este é o momento
que você tem que continuar tentando
Sorria, para que serve o choro
Você verá que a vida ainda vale a pena
Se você apenas Sorrir



((•)) Ouça este post
domingo, agosto 02, 2009

SORRIA ... RIA


SORRIA ... RIA... FAÇA A DIFERENÇA NESTE DIA !!!!!

((•)) Ouça este post
sábado, agosto 01, 2009


Um beijo mais que carinhoso a todos vocês que fazem parte de minha vida e que tanto me fizeram feliz ontem por lembrarem do meu aniversário:

Mamãe Filha Re&Fritz Neide Vania Mone Nete&Rafa Lelê Naty Jorge Kiko&Monica Karla Arlete Vandi Airton Fernanda Sogra Monica Edu Marcio Henrique Yasmim (mimi) Paulo Oba

((•)) Ouça este post
Related Posts with Thumbnails
Ocorreu um erro neste gadget