terça-feira, abril 27, 2010

LEMBRANÇAS


Hoje  remexi
no baú do meu coração
nas lembranças de nós dois
então
Tua voz alçou voo até mim
Não resisti
e chorei tua ausência
Quanto mais o tempo passa
mais forte sinto tua presença
A distância machuca
O tempo tampouco ajuda
Mas
nada disso faz acabar
o amor que não pude te revelar



crédito de imagem:
http://h1.vibeflog.com/2006/05/06/15/2687503.jpg (The Notebook)

((•)) Ouça este post

1 comentários:

SIMONE ALVES PEDERSEN disse...

Lindo poema, doeu até em mim...

Por onde vc anda Soninha??Tô preocupada com vc.

Related Posts with Thumbnails
Ocorreu um erro neste gadget